Aba 1

Postado em 08 de Junho de 2017 às 08h23

Capacitação sobre Melhoria do Desempenho Industrial

Grupo Botta - Indústria de Produtos Naturais e Empreendimentos Colaboradores e líderes de setores da Hilê Indústria de Alimentos participaram de um curso sobre Melhoria do Desempenho Industrial com foco na...

Colaboradores e líderes de setores da Hilê Indústria de Alimentos participaram de um curso sobre Melhoria do Desempenho Industrial com foco na redução de desperdício no processo produtivo da empresa . O Curso MDI é promovido pela FIESC e executado pelo Senai de Xanxerê.

A capacitação foi desenvolvida a partir de situações reais de aprendizagem ligadas às dificuldades do dia a dia. Ao final do curso, os alunos apresentam as propostas de melhorias que visam à redução ou eliminação de desperdícios identificados.

De forma simples, são apresentados os conceitos relacionados aos sete desperdícios encontrados no processo produtivo. Os alunos desenvolvem as habilidades na prática, por meio de método rápido com a utilização de ferramentas padronizadas aplicadas diretamente no processo que atuam.

Além das questões técnicas abordadas, uma estrutura de apresentação dos projetos de melhorias é repassada aos alunos, considerando os resultados esperados, os investimentos e o tempo de retorno.

Para o palestrante e professor Eroni Borsoi, o grupo eclético, que reuniu diversos setores trará resultados positivos à indústria.

"Quanto mais heterogêneas as equipes, melhores os resultados de redução de desperdício no processo" comenta Eroni.

A capacitação foi realizada nas dependências da Hilê durante um mês, com encontros semanais. Os temas abordados foram baseados em sete desperdícios pela ferramenta linha e produção enxuta. Todos os setores da indústria foram analisados e atingidos: gráfica, produção, estoque, expedição, comercial e atendimento.

Confira todas as fotos da capacitação, clicando aqui.

"A empresa avaliou os setores e verificou desperdício nestes, o que é comum em toda empresa. Assim foi focado em calcular os desperdícios com bons resultados e bom retorno para a empresa. Agora cabe a empresa continuar essas melhorias." explica Eroni.

Questionado sobre a importância de capacitações do gênero para as empresas nos tempos atuais, Eroni disse que a intenção é fomentar a competitividade.

"Atualmente as empresas possuem custos grandes no processo produtivo e produtividade baixa, o que as deixam menos competitivas no cenário nacional e internacional. Reduzindo esse desperdício consegue-se diminuir o custo interno da empresa que acaba se tornando mais produtiva, e detalhe, com os mesmos recursos; e isso automaticamente reduz custos e ela se torna mais competitiva em preço e qualidade de produto." enfatiza Eroni.

A Hilê Indústria de Alimentos preocupa-se em aperfeiçoar as competências das equipes que atuam no processo fabril da indústria e identificar, priorizar e quantificar os desperdícios que influenciam na produtividade.

"Precisamos estar em constante atualização, reduzir custos, aumentar produtividade e esta capacitação foi fundamental para o crescimento da empresa e também dos participantes, que com certeza, repassarão as informações e aumentará a produtividade." comenta Elias Cechin, gerente geral da indústria.

Fonte: Hilê

Veja também

CháMais agora também é Amais!14/02 O mundo está em constante evolução e nós também. E para acompanhar as mudanças do seu mundo a marca CháMais agora também é Amais. Nossa receita foi unir paixão e tecnologia à nutrição para lhe oferecer algo a mais! A nova marca Amais é mais resultados, mais inovação, mais tecnologia, mais saúde e......
Protetor Solar: Motivos para usar Sempre!15/03/17 Este é um assunto que os dermatologistas não se cansam de avisar a população: a proteção contra as radiações solares. Estas, que podem causar manchas e riscos de formação de câncer de......
Cinco coisas que você precisa saber sobre o diabetes!30/11/16 Confira cinco informações essenciais sobre a doença, além de dicas de alimentação. Confira: 1. Nem todo diabético é igual! O diabetes tipo 1 é uma doença autoimune normalmente......

Voltar para Notícias